December 2017
M T W T F S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Próximos Shows:

  • Nenhum evento na agenda.
  • Contatos para Show
    velhos[at]velhoseusados.com

    Nome:


    E-mail:






    III BH Indie Music – Relatório da Primeira Semana

    Webmaster | 16/09/2009 - 8:54

    A primeira semana do III BH Indie Music, realizou 20 shows, em 05 casas diferentes.

    SEXTA-FEIRA

    A casa de maior ansiedade na estréia no circuito do III BH Indie Music.

    Motorock é a sede do clube de motociclistas Vutus.

    Lá, a norma é a seguinte: Jaqueta não paga. Só o público comum.

    Eu fiquei na portaria cobrando e garantindo o público da casa.

    As bandas, lá dentro, em pânico do que as esperavam…

    Os estilos: Project XK (SP) – eletrorock, Malc (DF) indie-alternativo-ska, Velhos e Usados (DF) indie.

    O público local, foi formado por gente que passava na porta (aliás, êita rua movimentada) e pelos motociclistas do clube.

    O som foi montado pelo Studio HUM (nossos agradecimentos à galera pelo apoio).

    Velhos e Usados – DF

    Fechando a noite do Motorock, a estréia de Velhos e Usados – mais uma banda do Planalto Central chegando ao festival.

    Com duas guitarras, um baixo, um notebook ligado a dois teclados sintetizadores, o Motorock provou comportar também complexidades técnicas.
    Na portaria, ainda estava eu, presa.

    Aglomerou, certa hora, um grupo de jovens curiosos e alternativos.

    “BH Indie? Quem tá tocando?” – respondi dando os nomes das bandas e suas cidades de origem.
    “O que? Velhos e Usados? Por esse preço? Vamos entrar agora!”

    Detalhes narrativos que fazem da gente muito feliz, apesar de todo o cansaço.

    DOMINGO

    Após poucas horas de sono mal dormidas, me vi exausta. Aliás, exaustão é substantivo abstrato bem comum, nos últimos dias.

    Montagem completa de palco no Conservatório Music Bar.

    O Conservatório é uma casa de shows bem tradicional em BH. Nada tradicional é a abertura da casa aos domingos, nos últimos 30 anos.

    Fomos pioneiros.

    Cinco bandas estariam no palco. Dentre os encontros previstos, Liwafelk se encontraria em palco, pela primeira vez, com Velhos e Usados, ambas de Brasília.

    Velhos e Usados – DF

    Velhos e Usados fazia seu último show pelo festival.

    Tinham feito um tour em BH, jamais pensado pelo grupo. Cada casa, uma show diferente de se ouvir e ver e eles sabiam disso, estavam a cada dia renovados. O ápice da programação de domingo.

    Esta primeira semana do III BH Indie Music, o Brasil ficou pequeno dentro de BH, enquanto Belo Horizonte dilatou seu campo de ação cultural na música.

    Por Malu Aires.

    Leia a matéria completa aqui.

    Comente

    Trackback no seu site